mulher se alistar no exercito

Mulher no Exército

mulher se alistar no exercitoNovo regulamento interno permite às mulheres ingressarem como combatentes no Exército


Mulheres ainda estão impedidas de se alistarem no Exército, porém a partir de 2016 terão mais oportunidades para seguir na carreira militar.

O Exército Brasileiro divulgou em seu Blog Oficial mudanças com relação às normas de ingresso para as mulheres em seu quadro de militares efetivos de carreira. As novas normas mantém a regra da impossibilidade de a mulher se alistar no exército, no entanto, por elas, a partir dos concursos de 2016, as mulheres poderão concorrer a vagas em carreiras que antes eram exclusivas aos homens. A mudança ocorreu para adequar o regimento interno à lei sancionada em agosto de 2012 pela Presidência da República alterando diversos dispositivos relativos ao ingresso tanto de homens quanto de mulheres às Forças Armadas. Apesar de a Lei estar em vigor desde 2012, o exército conseguiu junto ao Executivo prazo de 5 anos para adequar a estrutura física e a grade curricular das Escolas de Formação de Sargentos e de Oficiais.[Fonte]

O que mudou

Carreiras para as Mulheres no Exército

As carreiras para as mulheres no Exército limitavam-se apenas ao quadro complementar, em áreas como Saúde (médicas, dentistas, enfermeiras, técnicas de enfermagem e psicólogas, por exemplo) e em carreiras técnicas do IME (Instituto Militar de Engenharia). Já a partir dos concursos de 2016 as mulheres poderão participar de concursos nas áreas de Logística, Material Bélico, Intendência, e Manutenção de Veículos e Aeronaves.

Vagas

Ainda não há uma definição da quantidade de vagas que serão disponibilizados para as mulheres no exército nos próximos concursos. No entanto, a novidade é que agora haverão vagas para o sexo feminino também na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, que era exclusivamente para rapazes. Haverá mudanças também nas vagas da Escola de Sargento das Armas, nela as mulheres podiam disputar as vagas apenas para Sargento Enfermeiro e Sargento Músico, agora poderão disputar também vagas para Comunicações, Intendência, Mecânica de Veículos, Aeronaves e Armamentos, entre outras.[Fonte]

Limite de Idade e Escolaridade

como a mulher pode entrar no exercito
Maria Quitéria foi a primeira mulher a servir no Exército Brasileiro
O limite de idade e de escolaridade para a mulher ingressar no Exército é o mesmo que para os homens. No concurso para a Escola Preparatória de Cadetes do Exército – EsPCEx, para o quadro de Oficiais, a candidata tem de ter concluído, ou estar concluindo 0 2º ano do Ensino Médio, e possuir idade mínima de 17 e, no máximo 22 anos, completados até 31 de dezembro do ano da matrícula [su_highlight background=”#fdf047″](no caso de quem vai fazer a prova em 2016, candidatas nascidas entre 01 de janeiro de 1.995 e 31 de dezembro de 2000).[/su_highlight]
Já para a Escola de Sargentos das Armas – EsSA, a candidata deve ter o Ensino Médio Completo, ou estar em condições de concluí-lo em 2016, e possuir idade entre 17 e 24 no ano da matrícula [su_highlight background=”#fdf047″]( no caso de quem pretende fazer o concurso de 2016, terá de ter nascido entre 01 de Janeiro de 1993 e 31 de dezembro de 2000)[/su_highlight].
Também para a Escola de Sargentos das Armas – EsSA, para a área de Enfermagem e Música, as mulheres poderão concorrer, sendo que o limite de idade salta de 24 para 26 anos de idade. E exclusivamente para as interessadas nas vagas da área da Saúde é exigido além do diploma de Ensino Médio, curso Técnico em Enfermagem.

Limite de Altura

Ser baixinha já não é tão impedimento assim para entrar no Exército. A altura mínima estabelecida para o ingresso das mulheres, tanto para oficial, como para sargento é de 1,55 metros. Portanto, tendo esta altura, e estando enquadrada dentro dos limites de idade, basta querer e se esforçar para conquistar sua vaga no Exército Brasileiro.

Aproveite esta chance

Entrar no Exército pela EsPCEx, ou pela Escola de Sargento das Armas – EsSA é uma ótima oportunidade tanto para mulheres como para homens. Além do salário atrativo, do prestígio da profissão e do uniforme (fardas aumentam a beleza de qualquer mulher em 30%, rs…), a melhor parte do militarismo é a estabilidade de carreira, mesmo em tempos de crise como os atuais.

Assim sendo, o ideal é que você inicie seus estudos desde já. Todo ano as disciplinas cobradas nas provas destes concursos são as mesmas. Uma boa idéia é estudar através da resolução das questões dos concursos anteriores.

Mas o ideal é que você procure ajuda de profissionais especializados em concursos públicos.

Estude Conosco

O Curso Preparatório Maciel, está no mercado há 12 anos aprovando e classificando candidatos nos principais concursos civis e militares. Nossos professores são extremamente capacitados e possuem toda a expertise necessária para que nossas alunas obtenham um ótimo desempenho e resultado.

Nossas salas possuem ambiente climatizado, e as cadeiras são acolchoadas. Tudo feito e planejado para criar as melhores condições de estudo, possibilitando que você concentre seus esforços apenas no aprendizado, afim de conquistar a vaga na carreira dos seus sonhos.

Conheça nossa turma pré-militar para a Escola de Sargento das Armas – EsSA!

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn