Qual a funçăo do fuzileiro naval?

A carreira militar está nos seus planos? Então, que tal começar a saber qual a função do fuzileiro naval, ou da tropa de elite do Brasil, como também é conhecida? Este soldado-anfíbio tem muitas responsabilidades, que vão muito além das manobras que realiza periodicamente.

Não menos importante, saber o que você fará quando for aprovado é fundamental para não alimentar expectativas equivocadas. Assim, aumentam suas chances de seguir carreira, até finalmente atingir a sonhada estabilidade.

Continue lendo para saber mais!

Você sabe qual a funçăo do fuzileiro naval?

Embora seja uma tropa predominantemente terrestre, os fuzileiros, na verdade, estão ligados à Marinha do Brasil. Seu uniforme de serviço é o camuflado, por isso, não raramente são confundidos com militares do Exército. Os fuzileiros também usam a farda bege, ou cáqui, mas esse é um uniforme para uso interno. Para passeio, o traje utilizado é branco, tal como os militares da Armada, ou Marinha de Guerra, como é mais conhecida.

Desde 1808, quando chegaram ao Brasil junto com a corte portuguesa, cabe aos fuzileiros guardar e proteger as instalações navais, prover segurança em suas unidades e participar de exercícios anfíbios ou ações reais. Foi o caso da recente intervenção militar no Rio de Janeiro, quando os “soldados anfíbios” tiveram relevante participação na segurança.

Existem outras funções atribuídas aos fuzileiros?

Em virtude do alto nível da sua preparação, fica até difícil apontar qual a função do fuzileiro naval. Além das que já destacamos, é comum ver esses militares envolvidos em outros tipos de atividade. Algumas delas são:

  • guarda e segurança de unidades de representação diplomática;
  • segurança de autoridades;
  • apoio em ações de inteligência militar;
  • escolta armada em deslocamentos de pessoal e material.

Sendo assim, você deverá estar preparado para uma intensa e, muitas das vezes, estafante rotina de trabalho. Como militar de uma das tropas mais bem preparadas do Brasil, a expectativa não será outra que não seja a excelência. Faça por merecer a divisa recebida no emocionante cerimônia de formatura!

O que acontece depois de formado?

O Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) é o órgão responsável por alocar os fuzileiros navais em outras unidades tão logo concluam o curso de formação. Portanto, assim que você afixar a primeira graduação em seus uniformes, saiba que poderá servir em qualquer unidade da Marinha e do Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil.

Dependendo do número de vagas e quartéis disponíveis, pode ser que você possa até selecionar para onde quer ir. No entanto, essa possibilidade depende de uma boa colocação no final do curso ministrado no CIAMPA, o Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves. Diante da incerteza,o melhor é estar preparado para seguir para onde o comando determinar.

Além de saber qual a função do fuzileiro naval, você deverá estar sempre disposto a permanecer longos períodos afastado de casa. Manobras, exercícios e muitos serviços armados esperam por você, afinal, é essa a vida de um militar extremamente bem preparado!

Quer ficar ainda mais bem informado? Acesse agora o artigo em que contamos em detalhes quais são as etapas do concurso para fuzileiro naval!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn