Você sabe como ser sargento fuzileiro naval? Descubra agora!

Aqui no blog do Curso Maciel, você já deve ter visto diversas publicações sobre concursos para sargento do Exército e da Aeronáutica. Mas você saberia dizer como ser sargento fuzileiro naval, considerando que o concurso é sempre para o cargo de soldado?

Diferentemente de outras instituições das Forças Armadas, o Corpo de Fuzileiros Navais só admite sargentos egressos diretamente da vida civil em situações especiais. Falaremos disso neste artigo, feito para você que sonha com a carreira na Tropa de Elite do Brasil.

Como ser sargento fuzileiro naval

Antes de avançarmos, é preciso esclarecer que o quadro de sargentos fuzileiros navais é predominantemente de tropa, cujas especialidades e funções são:

  • AT – Artilharia;
  • AV – Aviação;
  • BD – Blindado;
  • CN – Comunicações Navais;
  • EF – Enfermagem;
  • EG – Engenharia;
  • ES – Escrita;
  • ET – Eletrônica;
  • IF – Infantaria;
  • MO – Motores e Máquinas.

Além dessas especialidades, há ainda o quadro de sargentos músicos, que admite candidatos civis. Já nas especialidades acima destacadas, não é possível ingressar diretamente como sargento. Portanto, é obrigatório prestar primeiro o concurso para Soldado Fuzileiro Naval.

A carreira no CFN

Tal como os sargentos do Exército e da FAB, os fuzileiros navais também são especialistas. Como você viu, para se obter esta graduação, no CFN, não é possível percorrer outro caminho que não passe pelo CIAMPA, o Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves, no Rio de Janeiro.

Se você leu atentamente a lista de especialidades, deve ter reparado que faltou citar a de CT – Corneta e Tambor. Isso porque esta é uma segunda via de acesso à carreira de sargento fuzileiro naval músico.

Na verdade, o soldado fuzileiro naval, quando cumpre o tempo mínimo de serviço, pode ser indicado a fazer o Curso de Formação de Cabos. É nesta etapa que você vai conquistar a especialidade, que deverá ser seguida por toda a carreira, até chegar o momento de ir para a reserva remunerada.

Assim como ser sargento fuzileiro naval requer aprovação em concurso, não há outro caminho que não seja estudar e se preparar para os exames que vierem a seguir. E olha que não são poucos!


Como ingressar na Marinha

Agora que você sabe que, para ser um fuzileiro, é preciso aprovação em concurso, deve saber também que as provas são abertas anualmente. É exigido do candidato que tenha ensino médio completo ou que seja concluído antes da matrícula no CIAMPA. Outras exigências são:

  • Idade entre 18 e 21 anos de idade no ano da incorporação;
  • Nacionalidade brasileira;
  • Altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m.

Tudo começa com a aprovação no exame intelectual, no qual você deverá obter índice mínimo de 50% de acerto em questões de Português e Matemática. Uma vez aprovado, deverá ter êxito em outras etapas. Elas consistem em teste físico, além de extensa bateria de exames médicos e testes psicológicos.

Assim sendo, não basta apenas saber como ser sargento fuzileiro naval. A carreira militar é bastante exigente, e vai cobrar de você grande capacidade de se adaptar a situações adversas. Então, está preparado?

Ficou interessado e quer saber ainda mais? Saiba agora tudo o que precisa para ser um fuzileiro naval!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn