Present Simple x Continuous: como e quando usar os tempos verbais

Por prof. Estêvão Prudêncio

Depois de conhecer as formas verbais present simple e continuous mais de perto, vamos desvendar os mistérios desse confronto. Ainda não viu essas formas verbais? Dê uma olhada nos artigos dedicados a esses tempos verbais aqui, no blog do Curso Maciel.

Quais as diferenças entre esses tempos verbais?

Há uma diferença importante entre o presente simples e o presente contínuo. O present simple é usado para falar sobre coisas que fazemos o tempo todo. Por exemplo, usamos esse tempo para falar sobre nossos trabalhos, hobbies, hábitos etc. Já o present continuos é usado para falar sobre coisas que estão acontecendo no momento da fala.

A primeira coisa a lembrar é que verbos, como os “non-progressive verbs”, que não são usados em tempos verbais que carregam a nomenclatura “continuous or progressive”. Esses verbos ficam no simple present como nos exemplos que seguem:

Sra. Meneghel works as a TV show host.

Sasha loves to ride her bike in the mornings.

Water boils at 100 degrees Celsius.

Trabalhar e amar é um hábito e, como andar de bicicleta, são ótimos exemplos de ações que geralmente se encontram no presente simples na língua Inglesa. Isso porque elas fazem referência a situações que se repetem, ou seja, hábitos e rotinas.

O último é uma constatação da ciência, comumente lembrado como verdade universal. Portanto, a melhor forma de nomeá-lo, segundo a lógica, é o present simple, já que fato, é uma evento que possui pouca transição, não muda com frequência.

Em que outras situações em podem ser empregados?

Outra forma de identificar situações assim é observando os complementos usados, como: in the mornings. Veja outros exemplos que contemplam recursos gramaticais semelhantes:

Ney plays soccer every weekend.

Najila works out every day.

My grandmother always watches soup opera.

Todo dia ou semana, são termos complementares para algo que se repete, mas repare a palavra sublinhada no último exemplo. “Usually(geralmente), é um advérbio para designar frequência, situações que se repetem com regularidade, similiar a “often(frequentemente). Dedicarei um póstero artigo a essa classe gramatical, adverbs, exaustivamente usada por todos, não perca!

Como usar o present progressive?

Aprendemos que o present progressive é usado para falar sobre ações que estão acontecendo no momento da fala, ou ainda, situações temporárias. Também pode ser usado para falar sobre um plano em um futuro próximo. Por exemplo, você pode usar o tempo presente contínuo para descrever o que está fazendo esta noite ou amanhã:

Faustão is travelling tomorrow.

Maciel and his friends are teaching tonight.

Observe a estrutura destacada nos exemplos e, se voçê ainda não domina essa construção verbal, revisite o artigo sobre continuous tenses. Outros complementos ajudam a identificar o momento de usar o present continuous, como os observados abaixo:

I´m working at home this semester, due to the pandemic.

Watch out! There is as snake on the way!

Look! Vasco is losing again!

Os pronomes demonstrativos “this” and “these” são facilmente encontrados como parte integrante dos complementos usados no presente progressivo. Afinal, eles delimitam o intervalo de tempo da ação/situação, caracterizando algo que começa e termina, não se repete ou não se perpetua, justificando o uso do present continuous.

Observe-o, como no exemplo citado acima, o modo imperativo Look!” (olhe) e Watch out!” (tome cuidado) está sendo empregado para chamar a atenção do intelocutor no momento em que a situação ocorre.

Ou seja, trata-se de uma ação no agora (now), em progresso, uma das condições para se usar o presente continuo. Espero que tenha clareado suas ideias a respeito do uso desses 2 tempos verbais tão usados no Inglês. Até o próximo. Cheers!

Professor Estêvão Prudêncio

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn