15 de Novembro, uma data de glória para a Democracia

                                                                                                                                *por Marcos Vinícius Macedo Varella

O dia 15 de novembro é uma data muito especial, pois o Brasil deixa de ser regido por um sistema monárquico passando para uma república.
Esta data confirma o descaso da realeza perante a vontade da elite brasileira. E é nesse momento que surge figuras nobres de espírito limpo, como: Benjamin Constant, Silva Jardim, Sena Madureira, Solon Ribeiro, entre muitos, que através de encontros, em clubes republicanos, chegam a um denominador comum numa tarde de 15 de novembro de 1889, em um quartel no centro da capital, onde o saudoso Marechal Deodoro, em seu cavalo, ergue sua espada, dizendo: “Viva a República”.

Proclamação da República

 

Infelizmente, grande parte da população brasileira, não tem a mínima ideia do significado dessa conquista, pois as amarras de um Império falido, descompromissado com o povo, que somente valorizava as suas ricas festas para um pequeno grupo, que infelizmente usava todos os recursos tirados de impostos para coisas supérfluas, e que nada traria de benefício para quem realmente necessitava, pois mais de 80% da população passava necessidade.
Benjamin Constant, o mais ferrenho dos republicanos, sempre levantou a bandeira de um Brasil livre e de grande progresso, o que jamais aconteceria seguindo o modelo monárquico vigente. Este homem exemplar, citado por Rui Barbosa, como um homem fora o seu tempo, um ser incorruptível, que é o elemento chave no decorrer de todo esse processo, uma vez que foi o republicano que mais combateu a Ditadura Monárquica, alegando que a mesma fazia um grande mal para a nação. E enquanto a mesma continuasse como regime vigente, o país continuaria caminhando pelas trevas das desigualdades.
Hoje me orgulho muito por ocupar a Cadeira de nº 03 da Academia de Letras do Estado do Rio de Janeiro, Patronímica de Benjamin Constant, e ainda fico mais feliz pelo curso Maciel lembrar também desse momento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn