Como ser sargento músico do Exército?

A carreira militar é um sonho cuja realização você persegue? Como ser sargento músico do Exército, por exemplo, é algo em seus planos? Saiba que a trajetória de um praça, nas Forças Armadas, pode sim, se desdobrar como um músico. A vantagem principal é uma rotina com menos manobras e exercícios.

Em compensação, sargentos músicos são constantemente requisitados para formaturas e representações, portanto, é um militar que precisa estar sempre disponível. Na sequência, veja o que você pode fazer para ingressar no prestigioso quadro de músicos do Exército Brasileiro!

Como faço para ser sargento do Exército?

Não há opção para ingresso no Exército, como terceiro sargento, que não seja via concurso público. Anualmente, a força publica edital para preenchimento de vagas em suas respectivas escolas de formação. Assim, os candidatos podem buscar o seu lugar ao sol, em carreiras como:

  • Combatentes;
  • Aviação;
  • Logística;
  • Saúde;
  • Músico.

Considerada uma função em que a “ralação” é menor, a de músico é uma das mais procuradas por jovens de todo o Brasil. E pode-se dizer que vale a pena tentar, pelo menos se você levar em conta apenas a relação candidato/vaga. No concurso ESA 2018, esta relação, na especialidade de músicos, ficou em 78 candidatos por vaga. Só foi mais concorrida do que de Combatentes/Aviação, que registrou a relação de 75 candidatos/vaga.

Uma das razões para essa concorrência relativamente baixa é a necessidade de que o candidato seja de fato um músico. Isso porque, depois do exame intelectual, teste físico (com carga um pouco menor) e inspeção de saúde, é previsto um exame de habilidades específicas.

Ou seja, não é possível ser um sargento músico se você de fato não conhecer desta especialidade.

Por que ser sargento músico do Exército?

Além de todas as garantias que uma carreira militar oferece, a de sargento músico atrai muitos jovens em virtude da sua destinação especial. Músicos militares, em geral, cumprem funções diversas, tanto no dia a dia dos quartéis, quanto em relação aos exercícios militares. Formaturas, eventos solenes, cerimônias e outros do tipo são alguns exemplos de serviços para os quais os músicos são requisitados.

No entanto, tiram serviços em escala como todo sargento do Exército deve fazer. Portanto, de uma maneira ampla, o militar com esta especialidade tem uma rotina tão intensa quanto a de outros irmãos de armas. Como ser sargento músico do Exército não representa qualquer distinção especial em termos de guarda e segurança, caberá a você se preparar.

Vale a pena ser sargento músico temporário?

Outra possibilidade de pertencer ao quadro de sargentos músicos do Exército Brasileiro é ingressando no quadro de sargentos temporários. Os concursos são abertos a candidatos de todo o Brasil, da mesma forma que os editais para a ESA preveem. No entanto, a grande e substancial diferença fica por conta da estabilidade, que não existe para o quadro temporário.

Nesse caso, como ser sargento músico do Exército na condição de temporário limita sua permanência a no máximo 8 anos, o melhor é buscar a estabilidade no concurso regular. Você terá todos os benefícios dos sargentos temporários, mais a segurança de uma carreira blindada contra demissões e redução salarial.

Gostou do artigo? Veja agora como ser sargento fuzileiro naval!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn