O presente simples em Inglês

Por Prof. Estêvão Prudêncio

Na língua Inglesa a gramática não é muito complexa, a maioria dos tempos verbais possuem uma estrutura relativamente simples, principalmente se compararmos ao Português. Dentro desses tempos verbais se destaca o “Simple Present” por narrar fatos, ações consecutivas e hábitos no presente. Pensando no universo narrativo dos seres humanos, fica evidente a quantidade de frases usadas nesse tempo verbal, imprescindível para qualquer entendimento básico desse idioma. Vamos observar o uso cotidiano dessa estrutura verbal nos exemplos abaixo:  

Simple Present

Facts

Water freezes at zero degrees.

The Earth revolves around the Sun.

Her mother is Peruvian.

Consecutive Actions

Xuxa puts her keys down before closing the door, heads to the kitchen and grabs something to eat.

He drinks tea at breakfast.

She only eats fish.

They watch television regularly.

A estrutura das frases acima segue uma regra sintática, no presente simples ela é sempre direta: Sujeito + Verbo + Complemento. Já a conjugação do verbo é bem mais simples que seu referente no português, o presente do indicativo. Há apenas 2 conjugações, onde o verbo se altera na forma afirmativa para terceira pessoa do singular. Observe novamente os verbos “freeze”; “revolve”; “put”; “head”; “grab”; “drink” e “eat”, percebeu o que aconteceu? Foi apenas acrescentado o “S”, essa alteração acontece com a maioria dos verbos no presente simples, contudo, há uma regra de escrita para verbos terminados em consoante + y como “study”, conjugado na terceira pessoa do singular fica “studiES”. Agora verbos terminados em “SH/CH/X/Z/O” acrescenta-se apenas “ES”. Lembre-se que essa regra é só usada na afirmativa como nos exemplos demonstrados. O famoso verbo “BE” é uma exceção a essa regra, mas escreverei um texto apenas sobre esse interessante verbo. Até a próxima.

 

Professor Estêvão Prudêncio

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn